Webmail
Jateí, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
(67)3465-1133
Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

Família Acolhedora é tema de reunião em Jateí


Publicado em: 31/05/2017 - 10:11:00

/

         

       

No município de Jateí que a Secretaria de Assistência Social realizou no dia 30/05 uma reunião de orientações à população sobre o Programa Família Acolhedora, instituído através da Lei Municipal Nº 676, de 10 de Maio de 2017. O encontro foi realizado no auditório do Centro Cultural com a presença do prefeito Eraldo Jorge Leite (PSB), primeira-dama Maria Aparecida Neres Leite, Secretários Municipais, demais autoridades local e comunidade jateiense. O Programa Família Acolhedora, consiste em cadastrar e capacitar famílias da comunidade para receberem em suas casas crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social, por um período determinado, dando-lhes acolhida, amparo, aceitação, amor e a possibilidade de convivência familiar e comunitária.

 

Na ocasião a reunião foi ministrada pelas psicólogas, Cássia de Medeiros Alves (Cras) e Tatiane Concolato Costa (Creas), que repassaram relevantes informações sobre o novo programa no município, como a quantidade de famílias inscritas sendo no máximo duas, avaliações, bolsa auxílio, características e requisitos exigidos, enfim toda parte técnica sobre o programa, assim como sanando muitas duvidas dos participantes do encontro.

 

 Como explica a Secretária Municipal de Assistência Social Antonia Marcilia Lacerda da Silva, o acolhimento representa a possibilidade de continuidade da convivência familiar em ambiente sadio para a criança ou adolescente que está à espera de adoção ou ainda, do retorno para a família de origem. “O acolhimento faz bem tanto para quem é acolhido quanto para quem acolhe, é uma chance para a criança que recebe cuidados, carinho e proteção, e para a família que tem a oportunidade de fazer a diferença na vida desses acolhidos, sendo essa uma missão de todos nós de preservar os direitos de nossas crianças e adolescentes” garante a secretária.

 

Em Jateí conforme a Lei, o serviço de acolhimento “Família Acolhedora”, foi instituída como parte integrante da política de atendimento à criança e ao adolescente, de proteção especial, que visa propiciar o acolhimento familiar de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por determinação judicial, entre alguns objetivos, como reconstrução de vínculos familiares e comunitários e  garantia do direito à convivência familiar e comunitária. Atenderá crianças e adolescentes de 0 (zero) até 17 (dezessete) anos em situação de risco que necessitem ser afastadas do meio em que vivem em caráter provisório e excepcional. Para as famílias interessadas que desejam se inscrever ou obter mais informações, basta procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Creas) responsável pela execução do serviço no município, ou algum outro órgão gestor municipal que estará encaminhando para esta equipe técnica que encontra-se na coordenação de Aurenir Lacerda.

 

Assessoria de Comunicação/ Valéria Batista

Foto Lucas Moura

Secretária de Assistência Social fala sobre Família Acolhedora