Webmail
Jateí, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
(67)3465-1133
Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

/

         

       

 

O município de Jateí realizou no dia 14 de junho sua VIII Conferência Municipal de Assistência Social (Confemas), debatendo o tema geral “Garantia de Direitos e Fortalecimento do Suas”. Teve como finalidade de avaliar a Política da Assistência Social e deliberar diretrizes para aperfeiçoar, implementar e consolidar o Suas (Sistema Único da Assistência Social), avaliar e propor diretrizes, na perspectiva da valorização dos trabalhadores e da qualificação dos serviços, programas, projetos e benefícios e eleger delegados para Conferência Estadual de Assistência Social.

 

A Secretária Municipal de Assistência Social Antonia Marcilia Lacerda garante que é de suma importância à realização da conferência, na qual é o momento de reflexão e debate para efetivar os direitos que ainda necessita a Política Social. Dentro dos objetivos específicos estão Avaliar os avanços obtidos na gestão do trabalho no Suas e propor estratégias. Analisar a qualidade da oferta dos serviços, programas, projetos e benefícios da assistência social sob a lógica do trabalho articulado em rede (entidades soco assistenciais e unidades estatais), do protagonismo e participação dos usuários e da valorização dos trabalhadores, e entre outros.

O prefeito Eraldo Jorge Leite (PSB) satisfeito em participar da conferência explica que é a oportunidade que a população tem de conhecer e acompanhar de perto como é desenvolvido o trabalho da Assistência Social de Jateí. O evento contou com a participação de diversas pessoas entre conselheiros,  usuários da Assistência Social, equipes do Creas, Cras, Conselho Tutelar, Secretários Municipais, Gerentes, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social Márcio Thomaz, vereadores Edison Paz (Presidente do Legislativo), Robson Carmo e Sebastião de Freitas e demais autoridades locais.

 

A palestra magna foi proferida pela Assistente Social coordenadora da Casa dos Conselhos de Dourados Ediana Mariza Bach que falou dos direitos através do Suas, benefícios dos usuários, como também reforçando que este é um momento de debate na qual Assistência Social é um direito do cidadão  e uma dever do Estado. A mesma enfatizou sobre os quatros eixos que serão os subtemas para a realização das propostas que serão levadas para a Conferência Estadual. Na sequência a plenária foi divida em quatro grupos na qual estarão se reunindo em outro momento para melhor debate das propostas, e eleição dos delegados, dois suplentes e dois titulares ambos das esferas civil e governamental.

Presidente do conselho municipal de assistência social no pronunciamento

Assessoria de Imprensa/ Valéria Batista             Fotos Marcos Paulo