Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

/

         

       

 

A Prefeitura de Jateí, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente e Turismo (Sendermat) na responsabilidade de José Carlos Gomes, realizou na tarde desta quinta-feira (17) um encontro sobre Coleta Seletiva e Limpeza Urbana, reunindo profissionais de diversos segmentos para melhor debater o programa que será implantado no município.

 

O Gerente de Meio Ambiente Alex Barbosa que esteve ministrando a reunião, em sua breve explanação falou sobre “Jateí em busca do equilíbrio ambiental” que a intenção é reduzir os impactos ambientais causados pelos resíduos produzidos por todos, na qual os trabalhos devem ser encarados num planejamento de educação ambiental, logística e destinação.

 

Na ocasião reunindo funcionários públicos municipais, estaduais, vereadores, comerciantes, entre vários segmentos do município trocando ideias e aderindo a propostas que visam auxiliar para o bom desenvolvimento da Coleta seletiva, consequentemente de toda a Limpeza urbana, como também em especial a preservação do meio ambiente. Conforme explica o gerente Alex este será um programa municipal, amparados em lei, que visa melhor desenvolvimento da cidade de maneira limpa e sustentável. “Este não é um simples projeto, sim um programa municipal que deverá ser rigorosamente aplicado pela administração pública e cumprida pela população, independendo do gestor”.

 

É um planejamento que a princípio foi repassado apenas para os funcionários e representantes, para que analisem e troquem ideias, dando o primeiro passo para a Coleta Seletiva, mas para isso é necessário conscientizar a população para que se ajustem as condições propostas, que serão amparadas por lei e deverão ser cumpridas, desde a separação do lixo reciclável, descarte de galhadas, entulhos, enfim tudo que diz respeito a limpeza. Será elaborada uma cartilha pela equipe da Sendermat com todas as recomendações, devidamente analisada, repensada e posteriormente apresentada à população.

 

O prefeito Eraldo Jorge Leite (PSB) garantiu que a intenção maior é resolver a questão do lixo na cidade, uma problemática que se arrasta há anos, pois a conscientização da população é algo quase impossível, mas com muito esforço e dedicação esperam-se melhoras. “O problema do lixo em locais não adequados aqui é gritante, a administração até que tenta, mas é algo que já virou rotina entre alguns moradores”.

 

Em Jateí por sua vez acontece algo raro, o caminhão passa todos os dias recolhendo o lixo, totalmente gratuito sem taxa da coleta pública, diferente de outros municípios. Tem aterro sanitário, mas foi viável a contratarão de uma empresa de Dourados para envio dos resíduos. O prefeito fez questão de falar sobre a queda do ICMS Ecológico, maior receita da prefeitura que advém das áreas ambientais e resíduos sólidos, orientando que devem sim fazer ações para não perder ainda mais o índice. “Sozinho não faremos nada, vocês funcionários se conscientizem e nos ajudem a conscientizar a população, pois cada vez que cai o ICMS perdemos recursos, tornando-se grande problemática” garante o prefeito.

 

Assessoria de Comunicação/ Valéria Batista

Foto Luca Moura