Webmail
Jateí, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
(67)3465-1133
Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

Alunos da Escola Rural durante a culminância do projeto / Divulgação

         

       

A Escola Municipal Rural Professor Jovelino Celestino dos Santos-Polo no município de Jateí, concluiu o projeto “Brincando no mundo da literatura” desenvolvido junto aos alunos do Ensino Fundamental Inicial.

 

O projeto pedagógico destinou-se a atender o público alvo incentivando-os a valorizar, sistematizar e organizar seu aprendizado ajudando os participantes a superarem as dificuldades na leitura e na produção de texto, sem ter que sair do seu ambiente social para supera-las. Durante alguns meses os mesmos tiveram contato direto com a leitura e a produção de texto tornando assim, a aprendizagem mais eficaz e agradável.

 

De acordo com o diretor da escola Samuel Batista, os professores e equipe Técnica Pedagógica tem continuado a praticar os conteúdos aprendidos durante as formações do Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). “Oportunizamos aos estudantes o acervo de inúmeras obras literárias de variados autores, buscando sempre ampliar seus conhecimentos e suas capacidades criativas, e contamos com nossos educadores que nunca medem esforços para realizar um trabalho de muita qualidade” diz o diretor.

 

Seguindo os Parâmetros Curriculares Nacionais, a Proposta Pedagógica e os acervos do PNAIC com total incentivo do prefeito Arilson Nascimento Targino (sem partido), os trabalhos foram conduzidos alinhados com a participação ativa dos alunos, que exploraram fábulas, histórias infantis, vídeos, obras de autores renomados, materiais gráficos e diversos outras estratégias, culminou-se em uma manhã cheia de lindas apresentações que fizeram com que os alunos brilhassem e encantassem toda a escola.

 

A Secretária de Educação Eleni Teixeira dos Santos Felipe que poderia deixar de participar garantiu que a leitura é essencial, e este importante trabalho realizado pela escola demonstra que os professores trabalham e empenham-se para que a alfabetização aconteça na sua integridade.

 

 

Assessoria de Imprensa/ Valéria Batista