Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

/

         

       

No município de Jateí alusivo ao dia mundial do Meio Ambiente comemorado no inicio do mês, durante a semana passada a equipe do Meio Ambiente esteve realizando uma campanha de coleta de pilhas e baterias.  A intenção foi fazer com que a população de forma consciente realizasse o descarte correto destes materiais, que descartados no lixo comum poderão causar sérios danos à saúde e ao meio ambiente.

 

Foram montados três ecopontos de recebimentos, sendo um na sede no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente e Turismo (Sendermat), na Gleba Nova Esperança na Escola Municipal Rural Jovelino Celestino dos Santos e Escola Estadual Joaquim Alfredo Soares Vianna no distrito.  Nos locais foram proporcionados momentos de conscientização para o descarte correto das pilhas e baterias, onde houve doações de mudas de árvores, apresentações de banner do Sítio Ecológico, e um breve relato das riquíssimas unidades de conservações localizadas no município de Jateí: Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema e APA Ilhas e Várzeas do Rio Paraná.

 

O gerente de Meio Ambiente Alex Barbosa explica que a participação da população foi de suma importância, principalmente dos alunos e professores das escolas envolvidas, que demonstraram interesse no assunto visando a conscientização e prevenção do meio ambiente.

 

A bióloga Marichel Canazza que também esteve atuante nos momentos de conscientização. ressalta que o descarte de pilhas e baterias não pode ser realizado juntamente com o lixo comum, pois deformações no recipiente que as envolve, podem causar o vazamento de um líquido que contem substancias químicas (chumbo, cádmio e mercúrio) consideradas altamente prejudiciais aos seres vivos. A mesma ainda explica que de acordo com a legislação, essas substâncias são corrosivas, reativas e tóxicas e necessitam de manejo ambientalmente adequado a fim de se evitar a contaminação do solo e do lençol freático. Dessa maneira não é permitida a incineração e a disposição final de baterias e pilhas em qualquer tipo de aterro sanitário.

 

Esta foi uma campanha de conscientização desenvolvida por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente e Turismo (Sendermat), que tem como responsável José Carlos e total respaldo do prefeito Eraldo Leite.

 

Assessoria de Comunicação/ Valéria Batista

Foto divulgação