...
Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

Diplomação de eleitos em Jateí na frente da Justiça Eleitoral / Fotos: Arquivo/Divulgação

         

       

A quinta-feira, 17 de dezembro de 2020, foi histórica para Eraldo Jorge Leite, prefeito reeleito de Jateí. Aos 68 anos de idade e 32 de vida pública, ele obteve da Justiça Eleitoral a sua quinta diplomação como prefeito do município. No entanto, o político que disputou o mesmo cargo por sete vezes – não venceu em duas oportunidades – viveu o momento mais inusitado de todas as diplomações, pois foi a primeira vez que teve de usar um acessório no rosto para se proteger: Uma máscara facial.

 

“Estou de máscara para me proteger e também cuidar do meu próximo. Estou na torcida pelo começo da vacinação contra o vírus, porque ela dará mais segurança imunológica para todos nós”, afirmou o prefeito, em referência a este período de pandemia do novo coronavírus.

 

Apesar do uso da máscara, ele foi o personagem mais animado na entrega dos diplomas, que aconteceu no Cartório Eleitoral da 4º Zona Eleitoral de em Fátima do Sul, que tem ainda como jurisdição os municípios de Vicentina e Jateí. Ele foi o primeiro a chegar dentro do horário estabelecido e foi um dos últimos a deixar o local, junto com sua companheira de vida, Maria Aparecida Neres Leite, a vice-prefeita Cileide e de sete dos nove vereadores eleitos.

 

Eraldo se elegeu prefeito pela primeira vez nas eleições de 1988 e de lá para cá nunca disputou outro cargo em Jateí, obtendo êxito em cinco de sete campanhas eleitorais. Em sua última eleição em 15 de novembro de 2020 ele escreveu seu nome na história política do Estado como recordista de mandatos como prefeito do mesmo município.

 

Assessoria de Comunicação/Elias Ferreira