Webmail
Jateí, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
(67)3465-1133
Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

/

         

       

A Prefeitura de Jateí em parceria com o Serviço de Aprendizagem Rural (Senar-MS) e Sindicato Rural realizou o curso “Beneficiamento e transformação caseira da mandioca”, onde ensina a  produção de alimentos derivados de mandioca de forma artesanal aos integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da pessoa idosa.

 

O curso realizado no Centro de Convivência do Idoso tem duração de 24 horas, divididos em três dias e encerra hoje (27) os trabalhos ministrados pela instrutora do Senar Vera Lúcia Milan, que fez os ensinamentos teoria e prática à 12 participantes. A princípio fez considerações gerais sobre a mandioca, seu valor nutritivo, armazenamento adequado, como também orientações sobre embalagens para venda dos produtos. No decorrer do curso confeccionam diversos pratos, como pães, bolos, tortas, polvilho, farinha, biscoitos e a muitas outras variedades de produtos derivados da mandioca.

 

Para a participante Maria José Barbosa de 65 anos, mas conhecida como Dona Deda, a presença no curso esta sendo de grande importância, onde a mesma considerou maravilhoso. “Muito bom e gratificante participar deste curso, pois passei a conhecer e produzir variedades de produtos derivados da mandioca”.

 

A Secretária de Assistência Social Antonia Marcilia, ressalta que com total respaldo do prefeito Eraldo Jorge Leite, com frequência o SCFV para Idosos (sede, distrito e gleba) na gerencia de Julia Amorim vem realizando diversos cursos em parceria com o Sindicato Rural, através do presidente José Pereira e mobilizadora Franciele da Silva, e Senar.

 

A Gerente de Ação Comunitária Julia Amorim da Silva explica que recentemente o serviço em parcerias realizou curso de bordados em vagonite, ponto cruz e bordado livre, cultivo e manejo básico de plantas medicinais e de orquídeas, sem esquecer o desenvolvimento dos projetos Nordestino que visa o resgate e valorização da cultura nordestina através de artes cênicas, visuais e culinárias. Plantas Medicinais tem também objetivar o resgate e valorização, mas dos conhecimentos sobre as plantas, envolvendo a sociedade e meio ambiente, realizando uma troca de experiência entre os participantes. “Estamos na ativa desenvolvendo várias atividades, projetos e cursos com os idosos, na qual em outro momento ainda a ser agendado iremos realizar a entrega dos certificados de participação nos cursos já realizados” finaliza a gerente.

 

Assessoria de Comunicação/ Valéria Batista        Foto divulgação

Participantes durante a realização do curso em Jateí